Estoque do Tesouro Direto chega a R$ 101,2 bilhões em outubro 

Estoque do Tesouro Direto chega a R$ 101,2 bilhões em outubro 

Valor representa aumento de 1,3% em relação ao mês anterior, quando estoque do programa chegou a R$ 99,9 bilhões

O estoque de títulos do Tesouro Direto chegou a R$ 101,23 bilhões em outubro deste ano, um aumento de 1,3% em relação ao mês de setembro, que registrou estoque de R$ 99,9 bilhões. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (24) pelo Ministério da Economia.

Na comparação com o mês de outubro do ano passado, o estoque apresentou um aumento de 35,8%. No mesmo mês de 2021, o estoque do Tesouro Direto foi de R$ 74,52 bilhões.

A venda de títulos do Tesouro Direto é uma das formas do governo captar recursos para pagar dívidas e honrar compromissos. Em contrapartida, o Tesouro Nacional devolve o valor investido com uma correção que varia de acordo com o indicador escolhido, como a Selic, os índices de inflação, o câmbio ou uma taxa definida antecipadamente no caso dos papéis pré-fixados.




Leia também:

Terra Brasil Notícias