YouTube remove vídeos que questionam se facada em Bolsonaro ocorreu

YouTube remove vídeos que questionam se facada em Bolsonaro ocorreu

Documentário produzido pelo site Brasil 247, que levantava dúvidas sobre a facada em Jair Bolsonaro, foi removido pelo YouTube

O Youtube removeu vídeos que questionam a veracidade do atentado a faca que Jair Bolsonaro sofreu na cidade de Juiz de Fora, em 2018. Entre os vídeos deletados está o documentário que o site Brasil 247 produziu sobre o ataque contra Bolsonaro.

A remoção, segundo a plataforma confirmo, ocorreu devido a uma atualização feita nesta quarta-feira (10/8) na política de combate aos discursos de ódio do YouTube.

“Nossa política de discurso de ódio proíbe conteúdo que negue, banalize ou minimize eventos históricos violentos, incluindo o esfaqueamento de Jair Bolsonaro. O discurso de ódio não é permitido no YouTube, e removeremos material sobre o esfaqueamento de Jair Bolsonaro que viole esta política se não fornecer contexto educacional, documental, científico ou artístico no vídeo ou áudio”, afirmou o YouTube.

A plataforma também removeu o vídeo da live que Bolsonaro fez em 18 de julho com embaixadores, no Palácio da Alvorada, com questionamentos sobre o sistema eleitoral brasileiro e suposições de que houve fraudes na eleição de 2014.




Leia também:

Terra Brasil Notícias