Eduardo Cunha, sobre a nota de Dilma: “É muita cara de pau” 

Eduardo Cunha, sobre a nota de Dilma: “É muita cara de pau” 

O ex-presidente da Câmara rebateu a carta da petista sobre o impeachment e afirmou que ela deveria “se corrigir e parar de mentir”

Eduardo Cunha (PROS) criticou a nota assinada por Dilma Rousseff (PT) nesta sexta-feira (22) sobre Michel Temer e o processo de impeachment sofrido por ela em 2016.

No Twitter, o ex-presidente da Câmara disse que a petista tem “muita cara de pau” e a desafiou a provar suas acusações.

“É muita cara de pau da Dilma soltar uma nota me acusando de ‘ter querido implantar com o seu beneplácito o orçamento secreto’ […] Eu desafio a incompetente ex-presidente, afastada e julgada pelo Congresso, pelos seus crimes de responsabilidade, a provar as suas novas mentiras declaradas”, escreveu.

Cunha também afirmou que Dilma deveria “se corrigir e parar de mentir”.

“Dilma deveria se corrigir e parar de mentir, como sempre fez nas suas campanhas eleitorais e como presidente da República”, declarou.

As mensagens do ex-presidente da Câmara foram publicadas após a Justiça restituir, de forma liminar, seus direitos políticos. 

Se a decisão do desembargador Carlos Brandão for confirmada pelo TRF-1, Eduardo Cunha poderá concorrer a uma vaga de deputado federal pelo estado de São Paulo.




Leia também:

Terra Brasil Notícias