Defesa de procurador que agrediu mulher alega surto psicótico

Defesa de procurador que agrediu mulher alega surto psicótico

Funcionário da prefeitura de Registro, em SP, havia pedido para mudar de setor e não foi atendido por superiores

O advogado Marcos Modesto, que representa o procurador Demétrius Oliveira Macedo, que agrediu a socos a também procuradora Gabriela de Barros, disse, em nota, que ele sofre com surtos psicóticos. Segundo a defesa de Demétrius, esse foi o contexto no qual ele agrediu Gabriela.

É evidente que os acontecimentos do último dia 20/6 ocorreram em novo episódio psicótico, provavelmente com delírio persecutório, em meio ao qual, privado da razão, o procurador lamentavelmente veio a cometer os atos de lesão corporal que merecem o absoluto repúdio da sociedade”, disse o advogado, em nota. O processo corre sob segredo de Justiça.

Assista a vídeo do advogado lendo o posicionamento (2m24s):




Leia também:

Terra Brasil Notícias