Cidades mais violentas do Brasil votaram em Lula no 1º turno das eleições

Cidades mais violentas do Brasil votaram em Lula no 1º turno das eleições

Dos 10 municípios considerados mais hostis, sete estão localizados na região Nordeste, dois no Norte e um no Centro-Oeste

Entre as 10 cidades mais violentas do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi o candidato à Presidência da República mais votado em oito delas durante a votação realizada no último domingo. Com quase 100% das urnas apuradas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o petista e o presidente Jair Bolsonaro (PL) vão disputar o segundo turno da eleição presidencial no dia 30 de outubro.

Dos 10 municípios, sete estão localizados na região Nordeste, dois no Norte e um no Centro-Oeste. Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, organização sem fins lucrativos que disponibiliza informações sobre violência e políticas de segurança, mostram que as cidades que entraram no ranking possuem taxas médias elevadas de mortes violentas intencionais por 100 mil habitantes.

Em primeiro lugar, está São João do Jaguaribe (CE), com 3.730 votos para o ex-presidente. Em seguida, escolheram Lula como próximo presidente os municípios de Jacareacanga (PA), com 4.382 votos, e Aurelino Leal (BA), com 5.086 votos. As cidades Umarizal (RN), Guaiúba (CE), Jussari (BA), Rodolfo Fernandes (RN) e Extremoz (RN) ocupam do 5º ao 9º lugar na lista e também votaram no petista.

Enquanto o Lula saiu vitorioso na maioria das cidades mais violentas, Bolsonaro venceu em apenas duas que foram citadas na lista, sendo elas: Floresta do Araguaia, no Pará, considerada a 4º mais hostil, e Aripuanã, localizada no Mato Grosso, em 10º lugar.

Disputa apertada

O presidente Jair Bolsonaro (PL) venceu a corrida presidencial em 13 Estados, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em 14. O petista venceu nos nove Estados da Região Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe); em quatro Estados do Norte (Amapá, Amazonas, Pará e Tocantins); e em um Estado do Sudeste: Minas Gerais.

Bolsonaro venceu em todos os Estados do Centro-Oeste (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, além do Distrito Federal) e do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul); em três Estados do Sudeste: São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. No Norte, conseguiu a vitória no Acre, em Roraima e em Rondônia.

Os maiores percentuais de voto de Bolsonaro foram em Roraima, com quase 70% dos votos válidos. Em Rondônia, Santa Catarina e Acre, obteve mais de 60% dos votos. Seus piores índices foram no Piauí (20%), na Bahia (24%), no Ceará (25%) e no Maranhão (26%).

Já Lula teve os melhores resultados no Piauí (74%) e na Bahia (69%). Os piores resultados do petista foram em Roraima (23%), no Acre (29%) e em Santa Catarina (29%).

Veja o desempenho de Lula e Bolsonaro em cada Estado:

Veja o desempenho de Lula e Bolsonaro em cada Estado
Fonte: TSE / Imagem: Oeste


Leia também:

Terra Brasil Notícias