Segundo criminoso que participou de atentado contra candidato bolsonarista morre no hospital

Segundo criminoso que participou de atentado contra candidato bolsonarista morre no hospital

O segundo criminoso que participou do atentado contra o PM reformado e candidato a deputado estadual Wendell Lagartixa (PL), em Ceará-Mirim, morreu no hospital da cidade.

Os candidatos bolsonaristas Wendell e Sargento Gonçalves (PL), que é candidato a deputado federal, faziam panfletagem e conversavam com jovens na Rua Meire Sá, quando um carro do tipo Tucson se aproximou e cerca de cinco homens fortemente armados com fuzis T4 efetuaram vários disparos.

Seguranças dos candidatos trocaram tiros com os criminosos e dois bandidos foram baleados. Um deles foi atingido na cabeça e morreu no local. O outro foi socorrido para o hospital, mas acabou morrendo.

Lagartixa e Wendell afirmam que o crime é político e prometem reação contra o crime organizado.



Leia também:

Terra Brasil Notícias