Segundo Ciro, crime organizado “tomou conta do Palácio Laranjeiras” com apoio do PT

Segundo Ciro, crime organizado “tomou conta do Palácio Laranjeiras” com apoio do PT

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que tem concentrado suas críticas no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), voltou a atacar o petista durante um ato de campanha no Rio, na manhã deste domingo, 25. Ciro afirmou que o crime organizado tomou conta da política fluminense com apoio do PT.

“Com o apoio do PT, o crime organizado tomou conta do Palácio Laranjeiras. É uma coisa impressionante a quantidade governadores que foram do Palácio para a cadeia”, disse Ciro a apoiadores e correligionários na Avenida Atlântica.

O Palácio das Laranjeiras é o imóvel da zona sul do Rio destinado à moradia dos governadores do Estado do Rio. Nos últimos anos, cinco ex-governadores do Rio foram presos e um sofreu impeachment.

Ciro, que estava acompanhado pelo candidato ao governo do Rio Rodrigo Neves (PDT), também atacou o presidente Jair Bolsonaro (PL), a quem chamou de “bandido” e “genocida”. “Onze em cada cem mortos pela covid eram brasileiros”, reclamou, culpando o atual presidente pelas mortes durante a pandemia.

De acordo com Ciro, a ascensão de Bolsonaro ao Planalto em 2018 foi impulsionada pelo PT.

“Por que quase 70% do povo do Rio de Janeiro votou (em 2018) nessa figura trágica que é o Bolsonaro? Por conta das obras e realizações dele? Sempre foi um deputado medíocre do baixo clero, que fazia roubo até no preço da gasolina e dos funcionários fantasmas da famosa rachadinha. O povo brasileiro votou esmagado pelo encontro terrível da maior crise econômica, provocada pelo PT, e pela roubalheira generalizada do PT. Só por isso o povo vota numa figura trágica e bandido como Bolsonaro”.

Ao fim do evento, após uma breve passagem por Copacabana, onde foi recebido por cerca de 300 pessoas, Ciro foi à favela da Rocinha, também na zona sul, acompanhado pelo ex-presidenciável e candidato ao Senado pelo Rio, Cabo Daciolo (PDT).

Créditos: Correio Braziliense.




Leia também:

Terra Brasil Notícias