Discurso de Bolsonaro desnuda para o mundo um escândalo interno: “Lula foi condenado em três instâncias por corrupção”

Discurso de Bolsonaro desnuda para o mundo um escândalo interno: “Lula foi condenado em três instâncias por corrupção”

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou Lula nesta terça-feira (20), em discurso na abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

Sem citar nominalmente o petista, que é seu principal adversário na corrida ao Planalto, o presidente da República lembrou dos escândalos de corrupção na Petrobras e afirmou que o responsável por eles foi condenado em três instâncias.

“No meu governo, extirpamos a corrupção sistêmica que existia no país. Somente entre o período de 2003 a 2015, onde a esquerda presidiu o Brasil, o endividamento da Petrobras por má gestão, loteamento político e em desvios chegou à casa dos US$ 170 bilhões. O responsável por isso foi condenado em três instâncias por unanimidade. Delatores deveram US$ 1 bilhão de dólares e pagamos para a Bolsa americana outro bilhão por perdas de acionistas. Este é o Brasil do passado”, disse Bolsonaro.




Leia também:

Terra Brasil Notícias