“Decisão estapafúrdia… estou na minha casa”, diz Bolsonaro sobre TSE proibir ‘lives’ no Alvorada

“Decisão estapafúrdia… estou na minha casa”, diz Bolsonaro sobre TSE proibir ‘lives’ no Alvorada

Neste domingo, 25, o presidente Jair Bolsonaro (PL) chamou de “estapafúrdia” a decisão do ministro Benedito Gonçalves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de proibir lives eleitorais no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.

Bolsonaro ainda disse que a determinação equivale a uma “invasão da propriedade privada”.

“Dispensa comentários. Eu estou em minha casa”, afirmou, durante passeio de moto por cidades no entorno de Brasília.

Na sequência, ele complementou: “É uma decisão estapafúrdia. Invasão da minha propriedade privada, enquanto sou presidente é minha casa.”

Bolsonaro disse ainda que neste domingo deverá fazer uma nova transmissão ao vivo, mas não informou se a exibição seria feita dentro do Alvorada, em descumprimento à ordem do TSE.

TSE proíbe lives de Bolsonaro

O ministro Benedito Gonçalves, TSE, proibiu Bolsonaro de usar as transmissões ao vivo no Palácio da Alvorada para promover sua candidatura ou de outras pessoas. A multa por descumprimento é de R$ 20 mil por ato.

A decisão foi tomada a partir de pedido do PDT, partido do presidenciável Ciro Gomes. “Os indícios até aqui reunidos indicam que, no caso, tanto o imóvel destinado à residência oficial do Presidente da República quanto os serviços de tradução para libras custeados com recursos públicos foram destinados à produção de material de campanha”, escreveu o ministro.

Créditos: Revista Oeste.




Leia também:

Terra Brasil Notícias