Afiliada da Globo tem debate interrompido ao vivo e encerra transmissão após decisão judicial, VEJA VÍDEO

Afiliada da Globo tem debate interrompido ao vivo e encerra transmissão após decisão judicial,  VEJA VÍDEO

 No meio do debate, o jornalista Fábio Melo, que fazia a mediação, pediu desculpas e informou que o evento deveria ser encerrado 

A TV Globo se organizou para realizar simultaneamente debates com os candidatos aos governos dos 26 estados e Distrito Federal na noite desta terça-feira, 27. Mas uma decisão judicial impediu a que o debate no Acre chegasse até o fim.

No meio do debate, o jornalista Fábio Melo, que fazia a mediação, pediu desculpas e informou que o evento deveria ser encerrado. 

A desembargadora Denise Castelo Bonfim determinou a participação do candidato David Soares Hall, do Agir, partido que não tem representação no Congresso Nacional.

Participavam do debate os candidatos cujos partidos têm representatividade no Congresso, conforme prevê a legislação eleitoral. 
Veja o momento:

A emissora divulgou uma nota afirmando que vai recorrer da decisão:

“Por ordem da desembargadora Denise Castelo Bonfim, que determinou a participação do candidato David Soares Hall, do partido Agir, sem representação no Congresso Nacional, encerraremos o debate. A emissora informa que irá impetrar todos os recursos judiciais cabíveis e representação no CNJ (Conselho Nacional de Justiça) pelo evidente abuso de autoridade ocorrida hoje no Acre, que impediu que o debate com os candidatos com representatividade no Congresso Nacional pudessem debater e apresentar suas propostas aos eleitores.”




Leia também:

Terra Brasil Notícias