Mulher de homem preso por jogar fezes em ato de Lula se pronuncia e frustra ‘mimimi’ da esquerda: “Não é apoiador de Bolsonaro”

Mulher de homem preso por jogar fezes em ato de Lula se pronuncia e frustra ‘mimimi’ da esquerda: “Não é apoiador de Bolsonaro”

A família do aposentado André Stefano Dimitriu Alves de Brito, de 55 anos, ficou surpresa quando recebeu a notícia de que ele estaria preso por jogar um artefato explosivo com fezes e urina em ato do ex-presidente Lula, na noite de quinta-feira (7/7), na Cinelândia, centro do Rio.

A esposa de André, identificada apenas como Lorena, disse ao Metrópoles nesta sexta-feira (8) que não sabia de nada e que em momento algum o marido mencionou o plano de jogar um explosivo no ato:

“Ele sempre foi muito tranquilo, ninguém esperava isso, pegou todo mundo de surpresa. Ele não é nem Lula e nem Bolsonaro. Ele é de centro”, disse Lorena, casada com André há 12 anos.




Leia também:

Terra Brasil Notícias