Ex-global, atriz assume que sem a mamata é obrigada a ‘trabalhar para viver’, VEJA VÍDEO

Ex-global, atriz assume que sem a mamata é obrigada a ‘trabalhar para viver’, VEJA VÍDEO

A atriz militante Lucélia Santos, aquela que um dia já foi famosa, mas que há anos vive em um completo ostracismo, voltou a dar as caras nas redes para passar vergonha.

Desta vez, ela resolveu reclamar do ex-secretário especial de Cultura, Mário Frias, que repercutiu um vídeo em que ela atira uma bola de boliche em pinos nos quais estavam fixadas imagens de Jair Bolsonaro, Paulo Guedes e Ricardo Salles, em um gesto de ódio e descontrole emocional.

Mas o que chama a atenção na nova publicação de Lucélia é o resultado inusitado dessa declaração:

“O ex-secretário de cultura, o bolsonarista Mário Frias veio aqui na minha página, roubou um vídeo que eu tinha postado e postou lá na página dele, inventando e falando um monte de mentiras a meu respeito, inclusive sobre o lugar onde eu moro”, disse a atriz.

 E concluiu:

“Mário, eu nunca morei em Portugal, eu passei lá uma temporada gravando uma novela, trabalhando muito, muito… por sua culpa e do governo que você representa.”

Olhem só, a atriz confessa que é obrigada a ‘dar duro’ para sobreviver e culpa o governo, como se o Estado tivesse a obrigação de sustentar os artistas.

Um tremendo mico de quem certamente sente uma saudade incontrolável das mamatas dos governos petistas.

Alguém ainda tem dúvida sobre por quê eles querem a volta dos criminosos à cena do crime?

Jornal Cidade




Leia também:

Terra Brasil Notícias