Sargento da FAB conquista ouro em mundial de tiro com arco realizado na França, VEJA VÍDEO

Sargento da FAB conquista ouro em mundial de tiro com arco realizado na França, VEJA VÍDEO

Marcus Vinicius D`Almeida foi campeão da Terceira Etapa da Copa do Mundo de Tiro com Arco realizada no domingo (26/06) na cidade de Paris

O Sargento da Força Aérea Brasileira (FAB) Marcus Vinicius D’Almeida foi campeão da Terceira Etapa da Copa do Mundo de Tiro com Arco na cidade de Paris, na França, ocorrida no domingo (26/06). O militar conquistou o 1º lugar, escrevendo, assim, seu nome na história ao tornar o primeiro brasileiro medalhista na competição. A conquista rendeu também duas posições no ranking mundial, levando-o à quarta posição.

Emocionado, o militar descreveu sobre o momento que recebeu a medalha de ouro. “Hoje foi um dia mágico. Quando eu vi a bandeira do Brasil sendo hasteada, que emoção”, relatou. O atleta já tem presença confirmada para a Quarta Etapa do Mundial, que acontecerá na Colômbia, em julho deste ano.

Conquista em 2021

O Sargento D’Almeida conquistou também, em 2021, a medalha de Prata no Campeonato Mundial de Tiro com Arco, realizado na Cidade de Yankton, em Dakota do Sul, nos Estados Unidos. A competição contou com a participação de 54 países, representados por mais de 200 atletas, dentre os principais nomes do mundo na modalidade.

Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR)

O Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR) foi criado pelo Ministério da Defesa (MD) com o objetivo de fortalecer a equipe militar brasileira em eventos esportivos de alto nível. Com início em 2008, o Exército Brasileiro (EB) e a Marinha do Brasil (MB) foram os pioneiros na contratação de atletas. Na Força Aérea Brasileira (FAB), o Programa começou no ano de 2014, incorporando 149 atletas. As convocações continuaram nos anos de 2015, 2016, 2018, 2019 e 2021, perfazendo um total de 334 atletas de alto rendimento incorporados.

Atualmente, 140 atletas compõem o quadro militares do PAAR, nas modalidades de natação, atletismo, judô, ciclismo BMX, maratonas aquáticas, taekwondo, ginástica artística, canoagem, salvamento aquático, mountain bike, basquete 5×5, basquete 3×3, triatlo, vôlei de praia, pentatlo aeronáutico, orientação, tiro esportivo (carabina e pistola), paraquedismo e tiro com arco, estando em curso o processo de convocação de novos atletas em 2022, para o recompletamento das modalidades com foco no próximo ciclo olímpico (Jogos Olímpicos e Jogos Mundiais Militares).

Foto: Reprodução World Archery




Leia também:

Terra Brasil Notícias