Pacheco entregou a articulação politica da campanha de reeleição a Alcolumbre e causa preocupação em aliados

Pacheco entregou a articulação politica da campanha de reeleição a Alcolumbre e causa preocupação em aliados

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco(PSD-MG), e seu principal adversário na busca pela reeleição, o senador eleito Rogério Marinho (PL-RN), adotam estratégias diferentes na disputa pelo comando da Casa.

Enquanto o atual chefe do Legislativo confia no trabalho pregresso e entrega a articulação ao aliado Davi Alcolumbre (União Brasil-AP), o ex-ministro visita seus pares há semanas. Não sai da ponte aérea.

A 8 dias para a eleição da Mesa Diretora do Senado, aliados de Pacheco defendem uma postura mais prospectora do candidato. Na 2ª feira (23.jan), o PDT declarou apoio formal a ele, e há a expectativa de que novas siglas façam o mesmo durante a semana. Mas o voto é secreto. Não necessariamente os senadores seguirão o que pedem os partidos.

Marinho já visitou mais de 60 senadores. Na última 2ª feira (23.jan), foi pessoalmente a gabinetes de colegas em Brasília. Nesta 3ª feira (24.jan), está em Sergipe. Deve seguir nessa toada até o dia 1º de fevereiro, quando tomam posse os novos senadores e o conjunto da Casa elege seu presidente para os próximos 2 anos.



Leia também:

Terra Brasil Notícias