Morre Claudio da Passano, ator do indicado ao Oscar ‘Argentina, 1985’

Morre Claudio da Passano, ator do indicado ao Oscar ‘Argentina, 1985’

No longa, ele interpreta um os auxiliares do promotor Julio César Strassera, que processa a Junta Militar que governou o país de 1976 a 1983 e torturou e matou centenas de pessoas

Morreu nesta quarta-feira, dia 25, o ator argentino Claudio Da Passano, aos 66 anos. Ele atuou no filme “Argentina, 1985”, indicado à estatueta de melhor filme internacional do Oscar nesta terça-feira (24). A causa da morte ainda não foi informada.A Associação Argentina de Atores publicou uma despedida ao ator em seu perfil no Twitter. “É com muita dor que nos despedimos do ator Claudio Da Passano, membro do nosso sindicato desde 1985.

Ele teve uma atuação extensa e de destaque no teatro, cinema e TV. Nossos sentimentos à companheira, à atriz Malena Figó, à família e aos amigos”, diz o texto. Em “Argentina, 1985”, Da Passano interpreta Carlos “Maco” Somigliana, um dos auxiliares do promotor Julio César Strassera, que processa a junta militar que governou o país entre 1976 e 1983.Da Passano era filho de María Rosa Gallo e Camilo Da Passano, e irmão da atriz Alejandra Da Passano. Ele namorava com a atriz e fotógrafa Malena Figó. O ator trabalhou em filmes como “Chechechela, Una Chica de Barrio”, “¿Dónde Estás Amor de Mi Vida que No te Puedo Encontrar?”, “Luces Azules” e “Yo Nena, Yo Princesa”. Na televisão, participou de “Chiquititas”, “Poliladron” e “El Tigre Verón”, entre outros títulos. (Folhapress)



Leia também:

Terra Brasil Notícias