Luciano Huck pede desculpa após ser criticado por pergunta sobre George Floyd em quiz

Luciano Huck pede desculpa após ser criticado por pergunta sobre George Floyd em quiz

Ativistas e especialistas apontaram racismo em pergunta sobre assassinato de George Floyd feita no quadro ‘Quem quer ser um milionário’

Luciano Huck se desculpou nesta terça-feira, 6, após uma pergunta baseada na morte de George Floyd ter sido exibida no quadro Quem Quer Ser Um Milionário, do Domingão com Huck, da TV Globo. A questão gerou muitas críticas ao apresentador, já que Huck perguntou para o participante negro Flavio Rosa, jornalista de Minas Gerais, qual foi a frase dita por Floyd enquanto era assassinado por um policial. 
“Qual destas frases foi dita por George Floyd antes de ser assassinado em 2020 e virou grito de protesto contra o racismo?” foi a questão feita pelo apresentador, que valia R$ 5 mil no quiz. A morte de Floyd, homem negro de 47 anos que foi asfixiado por um policial branco nos Estados Unidos, teve repercussão internacional e gerou muitos protestos. 

O uso do caso para entretenimento foi apontado como racismo estrutural por ativistas e especialistas, que ultilizaram as redes sociais para sinalizar ao apresentador, assim como criticar a falta de conhecimento por parte também da equipe que elabora o quiz.

Vc tem toda razão sobre a pergunta formulada. Estou cada vez + consciente do qto devo evoluir no letramento antirracista além da intenção. Não tenho acesso prévio às perguntas e desta vez não tive a presença de espírito p/ reagir de imediato. Errei. Peço desculpas.E vms conversar https://t.co/zFGbytxzML— Luciano Huck (@LucianoHuck) December 6, 2022

O advogado e professor de direito internacional e direitos humanos na Fundação Getúlio Vargas, Thiago Amparo, foi uma das pessoas que se posicionou, por meio de uma postagem, sobre o ocorrido.

“Oi, Luciano Huck. Sei que me segue aqui e já trocamos ideias! Vamos falar sobre essa pergunta? Para pessoas negras, o caso do Floyd (e tantos outros Floyds brasileiros) é traumático ao ponto de fazer com que colocar suas últimas palavras num quiz de entretenimento seja inaceitável. E se quiser, você ou sua equipe, falar um pouco mais sobre isso, estamos aqui”, disse ele.

Em seguida, Huck respondeu ao tuíte do advogado e se desculpou. “Você [Thiago Amparo] tem toda razão sobre a pergunta formulada. Estou cada vez mais consciente do quanto devo evoluir no letramento antirracista além da intenção. Não tenho acesso prévio às perguntas e, desta vez, não tive a presença de espírito para reagir de imediato. Errei. Peço desculpas. E vamos conversar”, disse o apresentador. 



Leia também:

Terra Brasil Notícias