Carta-bomba é enviada à embaixada dos EUA em Madri

Carta-bomba é enviada à embaixada dos EUA em Madri

Foto: Zarateman/ Wikimedia Commons Attribution-Share Alike 4.0 International .

Este é o sexto dispositivo do tipo enviado a endereços do governo da Espanha e da diplomacia desde a semana passada

Uma carta-bomba enviada à embaixada dos Estados Unidos em Madri foi desativada pela polícia espanhola nesta quinta-feira (1°).Este é o sexto dispositivo do tipo enviado a endereços do governo da Espanha e da diplomacia desde a semana passada.

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez recebeu um pacote com explosivos no dia 24 de novembro, levando Madri a reforçar a segurança em torno de prédios públicos e acionar o protocolo antiterrorista no país.

Na quarta-feira (30), um funcionário da embaixada da Ucrânia em Madri ficou ferido ao abrir uma carta-bomba.

O embaixador da Ucrânia na Espanha, Serhii Pohoreltsev, responsabilizou a Rússia pelo atentado.

“Temos instruções do ministério da Ucrânia de que, dada a situação, devemos estar preparados para qualquer tipo de incidente… atividades russas fora do país”, disse Pohoreltsev à emissora de televisão espanhola TVE.

A ministra da Defesa da Espanha, Margarita Robles, que visitou hoje a cidade portuária ucraniana de Odessa, disse que as cartas-bomba não impedirão a Espanha de apoiar a “causa justa” da Ucrânia.

“O que precisa ficar muito claro é que nenhuma dessas entregas ou qualquer outra ação violenta mudará o compromisso claro e firme da Espanha, dos países da Otan e da União Europeia de apoiar a Ucrânia”, disse Robles.



Leia também:

Terra Brasil Notícias