Dona do Google terá de pagar US$ 400 milhões por rastrear usuários, diz agência

Dona do Google terá de pagar US$ 400 milhões por rastrear usuários, diz agência

Investigação teria durado quatro anos; procuradores dizem que esse é o maior acordo de privacidade na internet já feito pelos Estados Unidos

Dona do Google, a Alphabet pagará cerca de US$ 400 milhões por causa de uma queixa apresentada por estados americanos após alegações de que a empresa teria rastreado ilegalmente a localização dos usuários. A informação é da Reuters.

O Arizona entrou com uma ação semelhante contra a Alphabet, que recentemente decidiu pegar US$ 85 milhões para encerrar o processo. Além disso, Texas, Indiana, Washington State e o Distrito de Columbia entraram na Justiça contra a empresa em janeiro pelo que chamaram de práticas enganosas de rastreamento de localização que invadem a privacidade dos usuários.

As investigações duraram quatro anos. De acordo com a reportagem, os procuradores-gerais que trabalharam no caso afirmam que esse é o maior acordo de privacidade na internet já feito pelos Estados Unidos. O pacto também prevê que a empresa seja mais transparente com rastreamento a partir de 2023. A localização dos usuários é um fator considerado fundamental para empresas que buscam aumentar o alcance de seus anúncios.



Leia também:

Terra Brasil Notícias