Deslizamento no PR: caminhoneiro de 60 anos é primeira vítima identificada

Deslizamento no PR: caminhoneiro de 60 anos é primeira vítima identificada

Equipes de resgate estimam em 30 as pessoas desaparecidas. Buscas estão sendo prejudicadas pelas chuvas e terreno instável

João Maria Pires, 60 anos, é a primeira vítima identificada do deslizamento de terra na BR-376, em Guaratuba (PR), no litoral do Paraná. Ele era caminhoneiro e morador de São Francisco do Sul (SC). Outro corpo achado ao lado de um carreta foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba e aguarda identificação.

Pires era casado e deixou cinco filhos. O caminhoneiro foi velado em São José dos Pinhais (PR), na Região Metropolitana de Curitiba. O sepultamento será às 9h de quinta-feira (1º), no Cemitério Municipal de São José.

A família havia reconhecido o veículo por causa do contêiner. O último contato dele com parentes havia sido no fim da tarde de segunda-feira (28).

Desaparecidos

As equipes de resgate estimam em 30 pessoas ainda desaparecidas no grande deslizamento que atingiu a BR-376. Seis pessoas foram resgatadas com vida. As buscas foram retomadas, mas estão sendo prejudicadas pelas chuvas e terreno instável, com risco de novos deslizamentos.

Conforme o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Manoel Vasco de Figueiredo Junior, o número de vítimas é estimado com base no total de veículos que ainda se encontra soterrado e em informações de familiares de possíveis vítimas. Foram feitos 19 contatos de parentes em busca de informações sobre os desaparecidos.

O governo paranaense lançou um apelo aos familiares e amigos de pessoas que eventualmente possam ter desaparecido no local para que entrem em contato com a Central de Atendimento da Polícia Científica pelo telefone (41) 3361 7242, que funciona 24 horas. As informações podem ajudar na localização de possíveis vítimas.



Leia também:

Terra Brasil Notícias