BOMBA: Advogado diz que Bolsonaro deve responder por 300 mil mortes na pandemia: “Sem revanchismo, a justiça vai punir porque está capacitada”

BOMBA: Advogado diz que Bolsonaro deve responder por 300 mil mortes na pandemia: “Sem revanchismo, a justiça vai punir porque está capacitada”

Foto: Reprodução.

O advogado Marco Aurélio de Carvalho disse neste sábado (26/11) que o presidente Jair Bolsonaro (PL) deve responder na Justiça “pelos crimes”, que segundo ele, foram cometidos durante a pandemia de covid-19.

“Tão grave quanto punir um inocente pelo que ele não fez, é não punir um cara que cometeu determinados delitos”, afirmou Marco Aurélio durante debate promovido pelo grupo Esfera Brasil, no litoral paulista.

Na avaliação do advogado, Bolsonaro cometeu diversos erros de gestão no combate ao coronavírus. Afirmou que o Brasil poderia ter registrado cerca de 400 mil mortos nos últimos 3 anos por causa da covid, e não um número acima de 700 mil. Atribuiu a diferença ao desempenho do presidente.

“Espero que ele responda pelos crimes que ele cometeu. Mas sem qualquer tipo de revanchismo ou vingança. É uma tarefa para a Justiça brasileira, que está bastante capacitada para enfrentar”.

Marco Aurélio é sócio fundador da Associação Brasileira de Juristas para a Democracia, do grupo Prerrogativas e apoiador do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

DESENCARCERAR PRESOS

Integrante da equipe de transição, Marco Aurélio disse que a próxima gestão tem o desafio de “desencarcerar” detentos. Segundo ele, o Brasil “prende muito” e “prende muito mal”. 

Na visão do especialista, é preciso estabelecer parâmetros mais claros sobre o que é tráfico. Defendeu uma revisão sobre a política anti-drogas.

Hoje a definição é aberta e depende da interpretação das autoridades envolvidas no caso. Atualmente, a lei estipula pena de 5 a 15 anos de prisão para quem comete esse crime.

Créditos: Poder 360.



Leia também:

Terra Brasil Notícias