Saiba quais hábitos destroem seu fígado (além do álcool)

Saiba quais hábitos destroem seu fígado (além do álcool)

Quando pensamos nos órgãos mais importantes do nosso corpo, o fígado pode não ser o primeiro que nos vem à mente. No entanto, seu papel é crucial para o bom funcionamento do organismo, já que é responsável por expurgar toxinas e purificar o organismo.

Manter o corpo livre de toxinas não é uma tarefa fácil e é por isso que o fígado, pouco a pouco, é prejudicado pelo acúmulo de toxinas e anos de trabalho árduo.

Em uma certa idade, é normal que o fígado comece a causar problemas se não cuidarmos dele. Mas, você sabe quais são os hábitos que a estão prejudicando?

Todos nós sabemos que muito álcool é ruim para ele, mas não é a única maneira de machucá-lo. Nós dizemos-lhe outros aspectos a considerar…

Confira quais hábitos são prejudiciais para o seu fígado:

  1. Comer berinjela malcozida;
  2. Exagerar na gordura (óleo, manteiga e margarina);
  3. Tomar paracetamol de ressaca;
  4. Sedentarismo;
  5. Remédios para emagrecer.

O que pode ser feito para melhorar o fígado?

A boa notícia é que através da alimentação também é possível garantir maior proteção do fígado. Um dos problemas mais frequentes está no acúmulo de gordura visceral nesta região. Para isso, é importante ter uma dieta balanceada a fim de não sobrecarregar esse órgão.

Algumas mudanças alimentares sugeridas são:

  • Troque óleo de canola por azeite ou óleo de abacate;
  • Troque arroz branco por arroz de couve-flor ou arroz integral com grãos;
  • Substitua a batata inglesa pela batata-doce;
  • O sorvete comum, rico em gordura saturada, deve ser trocado por iogurte congelado;
  • Coma frutas low carb (geralmente vermelhas) ao invés das mais calóricas

Por fim, tenha uma dieta rica em alimentos que ajudem a eliminar gordura e açúcares do organismo.

Você pode introduzir os seguintes ingredientes à dieta:

1 – Beterraba

A beterraba é um ótimo alimento para controlar os índices de glicemia no corpo. Contudo, para ter uma boa absorção, o mais indicado é o consumo do alimento ainda cru, que pode ser ralado. O nitrato presente na beterraba ajuda na vasodilatação e contém alto teor de antioxidantes, responsáveis por proteger o fígado.

2 – Aveia

Dentre os carboidratos, a aveia é um dos mais indicados, já que possui propriedades que ajudam a equilibrar o organismo. Ela é uma bela fonte de beta-glucana e auxilia a reduzir os níveis de colesterol LDL. Esse é o colesterol prejudicial para a saúde, em especial para o sistema vascular e para o fígado.

3 – Castanha-do-pará

Embora seja uma oleaginosa, a castanha-do-pará apresenta o que chamamos de gordura boa. Ela é rica em ômega 3 e em vitaminas que são excelentes para a cicatrização e regeneração dos tecidos orgânicos, como o do fígado.

4 – Abacate

O abacate é uma rica fonte de nutrientes e, com certeza, deve estar inserido na dieta. Ele possui bastante glutationa, que é um tipo de antioxidante capaz de agir diretamente no fígado e proteger o órgão.

5 – Alcachofra

A alcachofra é rica em silimarina, um antioxidante que é comercializado em vários fármacos. Ele serve justamente para o tratamento de doenças que afetam o fígado. Ela ajuda a diminuir a gordura visceral presente no órgão. Ela pode ser tanto consumida como chá quanto cozida.

Créditos: Folha de Irati.




Leia também:

Terra Brasil Notícias