Lascou: Quaest alega que Lula tem 12% de vantagem no 2º turno, ou 4%

Após vexame no 1º turno, empresa decidiu divulgar dados com faixas de percentuais em vez de confiar no próprio trabalho

A Quaest divulgou nesta quarta (6) sua primeira pesquisa eleitoral para a disputa de 2º turno entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula. A curiosidade ficou por conta da forma de divulgação dos resultados, segundo o site Diário do Poder.

Segundo a Quaest, Lula está na liderança, mas pode ter vantagem de 12% ou apenas 4% sobre Bolsonaro. Lula tem de 52% a 56% das intenções de voto enquanto Bolsonaro aparece com 44% até 48%. Na prática, Lula teria 54% contra 46% e a variação se deve à margem de erro.

A empresa alega que, entre os entrevistados, 34% dos eleitores da terceira colocada Simone Tebet (MDB) votarão em Bolsonaro e 25% em Lula, ao passo que 39% dos eleitores de Ciro votarão em Lula e 26% em Bolsonaro.

Questionados se Bolsonaro merece uma segunda chance, o percentual que respondeu “sim” subiu de 44% para 50%, enquanto o “não” caiu de 54% para 48%. Por outro lado, os que acreditam que Lula merece uma segunda chance caíram de 54% para 51% e os que não querem o petista de volta ao Planalto subiram de 44% para 46%.

A Quaest alega ter ouvido 2 mil eleitores entre os dias 3 e 5 de outubro em 120 municípios por todo o Brasil. Mesmo após o vexame no 1º turno, a empresa garante que o nível de confiança dos resultados é de 95% e a margem de erro é de 2% para mais ou menos. O registro no TSE é o BR-07940/2022.



Leia também:

Terra Brasil Notícias