Extra TBN: Brasil encaminha memorando para acesso à OCDE

Composta por 38 países, a organização serve para desenvolver políticas públicas; Paulo Guedes disse que o prazo de 2 a 5 anos para ingresso pode ser encurtado

O Brasil encaminhou à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) um “memorando inicial”para ingressar na entidade internacional.

A OCDE consiste em um grupo de países, 38, até o momento, que colaboram entre si para desenvolver políticas públicas no plano nacional.

A organização é composta principalmente por países desenvolvidos, dentre eles Estados Unidos, Austrália, Japão e as principais economias da Europa Ocidental. Chile e Colômbia também a integram.

O memorando brasileiro é datado de 30 de setembro, mas a informação foi divulgada, em coletiva, nesta quinta-feira (6), com os ministros da Economia, Relações Exteriores e Casa Civil.

Esse documento é uma autoavaliação do governo sobre o progresso no cumprimento das 230 normas obrigatórias da OCDE.

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes (foto), o Brasil já teria cumprido 108 dessas diretrizes e outras 45 estariam sob avaliação para serem concluídas.

Guedes afirmou, também na coletiva desta quinta, que o processo pode levar de 2 a 5 anos, mas pode ser encurtado.




Leia também:

Terra Brasil Notícias