Bolsonaro diz que Caixa terá programa de perdão de até 90% das dívidas das famílias

Bolsonaro diz que Caixa terá programa de perdão de até 90% das dívidas das famílias

O presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), disse nesta quinta-feira que a Caixa Econômica Federal vai anunciar um programa de perdão de até 90% das dívidas para 4 milhões de pessoas, em fala no Palácio da Alvorada com parlamentares, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), transmitida pelas redes sociais.

Os detalhes, segundo ele, deverão ser apresentados até a sexta-feira pela presidente do banco, Daniella Marques.

“Ela (a presidente da Caixa) vai anunciar um programa, ‘Vá para o Azul’… ela autorizou (eu falar), vai mexer com a vida de 4 milhões de pessoas que têm dívidas na Caixa Econômica e 400 mil empresas que têm dívidas na Caixa”, disse.

“O programa dela é o seguinte: quem tem dívida, vai para a negociação, pode ser perdoado em até 90%”, emendou.

No encontro, o presidente disse ter conversado com Lira e ficou acertado que haverá uma proposta legislativa para prever a taxação de lucros e dividendos para quem ganha mais de 400 mil reais como forma de manter o Auxílio Brasil de 600 reais em 2023.

O incremento do valor do programa, aprovado pelo Congresso na chamada PEC dos Benefícios, está previsto para vigorar até o final do ano e, se não houver uma mudança, voltaria a ser de 400 reais em 2023.

O candidato à reeleição, voltou a dizer que, apesar de críticas que chegou a receber e pressão por mudanças, ter mantido o ministro da Economia, Paulo Guedes, deu certo e destacou o que avalia como uma melhora no cenário econômico do país.

O presidente afirmou que o seu ministério vai continuar, se reeleito, mas talvez criará mais uma ou duas novas pastas.




Leia também:

Terra Brasil Notícias