Veja declaração de Candidatos PMs apoiadores de Bolsonaro que foram alvejados em comício, ASSISTA

Veja declaração de Candidatos PMs apoiadores de Bolsonaro que foram alvejados em comício, ASSISTA

O ex-policial reformado e candidato a deputado estadual Wendell Lagartixa (PL) sofre um atentado a bala durante caminhada política em Ceará-Mirim, na Grande Natal, na tarde desta quarta-feira (28).

Wendell estava com o também candidato a deputado federal Sargento Gonçalves fazendo panfletagem na Rua Meire Sá, quando um carro do tipo Tucson se aproximou e homens fortemente armados efetuaram vários disparos contra os candidatos e seus apoiadores.

Wendell correu e escapou dos tiros. Seguranças que estavam com o candidato trocaram tiros com os criminosos. Um dos bandidos morreu no local e outro foi baleado e levado para o hospital da cidade. Os assassinos usavam coletes balísticos e fuzis 5.56.

Em diligências, a PM encontrou o carro do tipo Tucson usado no crime. Dentro dele foram encontradas várias munições e pelo menos três granadas.

Em live, Wendell e Sargento Gonçalves afirmaram que o atentado trata-se de um crime político, e que a guerra contra as facções criminosas vai continuar. Eles também cobraram do secretário de Segurança Pública e do Comandnate da PM, ações rápidas contra o crime organizado no RN.




Leia também:

Terra Brasil Notícias