ÚLTIMO MINUTO: TSE dá 24h para redes sociais excluírem imagens de Bolsonaro no 7 de Setembro

ÚLTIMO MINUTO: TSE dá 24h para redes sociais excluírem imagens de Bolsonaro no 7 de Setembro

As redes sociais serão multadas em R$ 10 mil por dia se descumprirem a ordem

Nesta quarta-feira (21), o corregedor-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Benedito Gonçalves, determinou que a campanha de Bolsonaro retire de redes sociais e sites todos os vídeos de propaganda eleitorais que contenham imagens do 7 de Setembro.

Gonçalves ainda vai avaliar se multará a chapa presidencial por descumprimento da decisão.

Muitos vídeos de Bolsonaro nos eventos do 7 de Setembro deste ano não tinham sido removidos, de acordo com o ministro do TSE, mesmo após uma 1ª ordem de retirada do ar desses conteúdos, dada na semana passada.

Ao tomar a decisão, Gonçalves atendeu a campanha do ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Gonçalves deu 24h para as empresas removerem o conteúdo e decidiu intimar Bolsonaro e o vice de chapa, Walter Braga Netto, para se manifestar sobre o caso.

“Quanto à aplicação da multa pelo descumprimento da decisão, reservo-me para analisar o requerimento após a manifestação dos candidatos réus”,acrescentou o ministro do TSE.

Na decisão, Gonçalves informou que a campanha de Bolsonaro, após a 1ª decisão para se remover os vídeos havia, por cautela, feito uma retirada deles.

“No entanto, o que se constata, ante a prova apresentada, é que a campanha continuou a fazer uso ostensivo de material cuja exploração para fins eleitorais foi expressamente vedada”,disse ele.




Leia também:

Terra Brasil Notícias