PIB do setor agropecuário do Brasil deve crescer 10,9% em 2023, diz instituto

PIB do setor agropecuário do Brasil deve crescer 10,9% em 2023, diz instituto

Resultado de 2023 deve ser puxado pelo produção de soja e milho, duas das principais culturas do país, disse o Ipea em nota

O PIB do setor agropecuário do Brasil deve crescer 10,9% em 2023, segundo projeção divulgada nesta quinta-feira (22) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que agora espera uma queda de 1,7% para o Produto Interno Bruto do segmento em 2022.

O resultado de 2023 deve ser puxado pelo produção de soja e milho, duas das principais culturas do país, disse o Ipea em nota.

O PIB do setor vegetal deve crescer no ano que vem 13,4%, ao passo que a produção animal terá alta de 2,6% em 2023.

“Apesar da expectativa de que 2023 seja um ano muito positivo para o setor, o estudo ressalta que será necessário que as janelas de plantio e colheita ocorram em períodos adequados e não haja problemas climáticos muito graves”, observou o instituto.

A safra 2022/23 está começando a ser plantada.

Embora haja expectativa de crescimento as principais culturas como soja e milho, a projeção precisa de um cenário de normalidade climática para ser confirmada.

Na safra de soja passada, colhida no início de 2022, a produção foi severamente afetada, o que impactou na definição do PIB de 2022.

O Ipea reviu a previsão para 2022, que era de crescimento nulo, conforme avaliação publicada em junho passado, e foi ajustada para queda de 1,7%, devido à piora da projeção de produção da cana-de-açúcar, que passou de alta de 19,2% para 3,4%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A revisão também considerou uma previsão menos otimista para a produção de milho, cujo crescimento da produção, antes estimado pelo IBGE em 27,6%, foi revisto para 25,2%.




Leia também:

Terra Brasil Notícias