Na ONU, Bolsonaro afirma que Brasil está de portas abertas para cristãos perseguidos pela ditadura na Nicarágua

Na ONU, Bolsonaro afirma que Brasil está de portas abertas para cristãos perseguidos pela ditadura na Nicarágua

O presidente Jair Bolsonaro (PL) acabou de afirmar, durante seu discurso na ONU, que o Brasil abre suas portas para acolher padres, freiras e todos os cristãos que têm sofrido perseguição do regime ditatorial da Nicarágua.

As relações entre o governo de Daniel Ortega e a cúpula da Igreja Católica na Nicarágua vivem um momento delicado.

O último capítulo foi a prisão, na sexta-feira passada (19/08), do bispo Rolando Álvarez, a última voz abertamente crítica ao governo do país centro-americano, que atualmente está em prisão domiciliar.




Leia também:

Terra Brasil Notícias