Moro defende Ciro de campanha por voto útil e afirma que PT tem ‘natureza totalitária’

Moro defende Ciro de campanha por voto útil e afirma que PT tem ‘natureza totalitária’

Segundo o candidato ao Senado, partido de Lula quer destruir todos que se opõem ao partido

Candidato ao Senado Federal e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro (União Brasil) defendeu a candidatura de Ciro Gomes(PDT) à Presidência, após o PT iniciar uma campanha de voto útil para fortalecer o candidato petista, Lula. Em uma publicação em suas redes sociais, Moro disse que “a campanha de ataque ao Ciro Gomes é mais uma demonstração da natureza totalitária do PT”. “Querem destruir todos que se opõem ao partido. Não sou eleitor do Ciro, mas fica o alerta”, disse. Nos últimos dias, Ciro sofreu pressões para desistir da corrida presidencial, inclusive recebendo uma carta de lideranças latino-americanas pedindo que ele abrisse mão da disputa para apoiar Lula. Nas pesquisas eleitorais, o pedetista tem ocupado a terceiro colocação, a mais de 20 pontos percentuais atrás dos primeiros. Sua desistência e sinal de apoio a um dos candidatos poderia ser decisiva para eleição de Lula (PT) ou Bolsonaro (PL). Anteriormente, Ciro havia dito que o PT quer “aniquilar as alternativas” ao voto. Ele também já teceu duras críticas a Moro, inclusive falando que ele era “inimigo do Brasil”, quando o ex-juiz lançou sua pré-candidatura à Presidência.




Leia também:

Terra Brasil Notícias