Ministra da Suíça pede que cidadãos tomem banho juntos para promover economia de energia

Ministra da Suíça pede que cidadãos tomem banho juntos para promover economia de energia

A ministra de Meio Ambiente da Suíça, Simonetta Sommaruga, encontrou uma solução inusitada para economizar energia elétrica no país: tomar banho com mais pessoas. O consumo precisa cair 15% no próximo inverno, para evitar cortes de energia em território suíço.

Em entrevista ao jornal 20 minuten, Sommaruga deu três sugestões aos cidadãos: desligar os computadores quando não precisam usar, apagar as luzes ou tomar banho juntos.

Depois de as sugestões terem virado motivo de piada nas redes sociais, a ministra deu uma entrevista ao jornal Tages-Anzeiger e disse que as dicas eram destinadas aos jovens. Ela reconheceu que, depois de uma certa idade, tomar banho com outra pessoa não é conveniente.

As autoridades suíças informaram, em agosto, que pretendem reduzir o consumo de energia em 15%, de outubro de 2022 até março de 2023, em comparação com o consumo médio dos últimos cinco anos. O país importa 75% de seu gás da Alemanha, e a crise no Leste Europeu impulsionou os preços da energia elétrica e dos combustíveis.

Neste ano, as autoridades suíças iniciaram uma campanha intitulada “A energia é limitada. Não vamos desperdiçá-la”. O governo pediu às pessoas que ajudem a garantir que o país evite uma escassez de energia antes do inverno. Caso a situação não melhore e haja escassez, o Conselho Federal Suíço poderá estabelecer “restrições de consumo, proibições e sistemas de cotas”.

Créditos: Revista Oeste.




Leia também:

Terra Brasil Notícias