“Era Opus Dei, de repente canta hino socialista”, diz Bolsonaro, sobre Alckmin

“Era Opus Dei, de repente canta hino socialista”, diz Bolsonaro, sobre Alckmin

Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, o presidente ironizou o ex-governador de São Paulo, que é filiado ao PSB e candidato a vice de Lula

Jair Bolsonaro ironizou nesta segunda-feira (26) Geraldo Alckmin (foto), candidato a vice na chapa de Lula. Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, o presidente afirmou que o ex-governador de São Paulo deixou de ser “Opus Dei” — diocese conservadora do catolicismo — para cantar o hino socialista.

“Alckmin é outro que […] era um Opus Dei. Um homem que ia à missa todo final de semana, de repente coloca um boné do MST e canta hino internacional socialista, disse o presidente.

Em abril, durante evento do PSB, Alckmin aplaudiu a execução do hino da Internacional Socialista, embora não tenha cantado.



Leia também:

Terra Brasil Notícias