Vice-presidente do Paraguai renuncia após acusação dos EUA

Vice-presidente do Paraguai renuncia após acusação dos EUA

Departamento de Estado americano incluiu Hugo Velazquez em lista de sanções por “corrupção significativa”

O vice-presidente do Paraguai, Hugo Velázquez, renunciou ao cargo nesta 6ª feira (12.ago.2022) depois de ser acusado de “corrupção significativa” pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos. Além dele, o assessor jurídico da hidrelétrica Entidade Binacional Yacyretá, Juan Carlos Duarte, também foi incluído nas sanções da Lista de Engel.

Os 2 estão vetados de entrar em território americano, bem como alguns de seus parentes. Entre as acusações, estão suborno de um funcionário público para impedir uma investigação que ameaçava Velázques, integrante do conservador Partido Colorado. Ele também retirou seu nome das primárias da sigla, que determinaria o próximo candidato à Presidência em 2023.

Em nota, o secretário de Estado, Antony Blinken, disse que atos como esses “contribuem para diminuir a confiança no governo e a percepção pública de corrupção e impunidade do gabinete” de Valázquez. Além disso, o ato de corrupção de Duarte abusou e explorou sua posição pública poderosa e privilegiada dentro da Entidade Binacional de Yacyretá, arriscando a confiança pública em um dos ativos econômicos mais vitais do Paraguai”,afirmou.

No Twitter, o embaixador dos EUA no Paraguai disse que o governo norte-americano continuará trabalhando ao lado do presidente do país, Marito Abdo, “contra a corrupção e a impunidade”, promovendo “o crescimento econômico em ambos os países”.




Leia também:

Terra Brasil Notícias