Homem é arremessado ao ser atropelado de propósito por vizinho: “ciúmes”; VEJA VÍDEO

Homem é arremessado ao ser atropelado de propósito por vizinho: “ciúmes”; VEJA VÍDEO

Um homem foi atropelado no último domingo (31) em Embu das Artes e acusa o vizinho de praticar o ato. Isac Pereira Ferreira, de 44 anos, caminhava próximo à calçada quando foi atingido em cheio por carro vermelho. É possível ver o veículo trafegando devagar pela via e acelerando ao se aproximar do homem. Em seguida, Isac é arremessado para longe e fica estirado no chão. Ele foi socorrido e sobreviveu.

De acordo com o boletim de ocorrência, os vizinhos e colegas Isac e o homem acusado de o atropelar, Luiz Henrique, teriam ido a uma festa na casa da namorada de Luiz três meses antes. Na ocasião, Isac teria feito um comentário a respeito da mulher, e Luiz não gostou.

“Eu falei que achei a menina bonita e que teria ficado com ela. Se eu a tivesse conhecido antes de ela começar a namorar o Luiz. Eu elogiei, e ele entendeu mal. Achou que era o certo fazer isso comigo”, afirmou Isac ao Cidade Alerta. Vizinhos relatam que Luiz teria ciúmes de várias pessoas.

Ainda no boletim de ocorrência, consta que, um dia após o ocorrido na confraternização, os dois conversaram por mensagens e Luiz Henrique questionou o vizinho. Dias depois, os homens teriam se encontrado nas proximidades do bairro. Luiz Henrique teria então chamado Isac de “talarico”.

A vítima teve conhecimento do responsável pelo crime porque um outro vizinho dos rapazes, de nome Marcelo, estava dentro do carro com Luiz Henrique. Ele relatou a Isac que o suspeito, ao ver o homem caminhando, jogou o veículo sobre a vítima de propósito.

Isac foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), acionado por pessoas que passavam pelo local, e foi levado ao PS Central de Embu das Artes. Apesar dos ferimentos pelo rosto e pelo corpo, ele não ficará com nenhuma sequela grave.

Já Luiz Henrique foi intimiado a prestar depoimento. O caso foi registrado inicialmente como lesão corporal de natureza grave, mas a tipificação pode mudar para tentativa de homicídio.

Créditos: R7.




Leia também:

Terra Brasil Notícias