Bombeiro recebe chamado de incêndio e descobre que próprios filhos estão entre os mortos no incidente

Bombeiro recebe chamado de incêndio e descobre que próprios filhos estão entre os mortos no incidente

Dez pessoas, entre elas três crianças, morreram nesta sexta-feira (5) depois que a casa em que residiam na cidade de Nescopeck, na Pensilvânia, nos Estados Unidos, sofreu um incêndio, segundo informou a polícia estadual em comunicado.

Uma das circunstâncias mais chocantes desse incidente é que os mortos eram parentes de um dos bombeiros que trabalhou na extinção das chamas, segundo o jornal local Citizens’ Voice.

O bombeiro, Harold Baker, disse ao jornal que não se deu conta que ia ajudar seus familiares até que o caminhão dos bombeiros dobrou a esquina de uma rua e viu a casa. Entre os mortos, cujos corpos ainda estão sendo recuperados, estão o filho de Baker, sua filha, seu sogro, seu cunhado, sua cunhada, três netos e outros dois parentes.

Os menores falecidos tinham 5, 6 e 7 anos, detalhou a polícia, que disse ter aberto uma investigação criminal sobre o incêndio.

A polícia estadual recebeu o alerta sobre o incêndio na casa no início da madrugada e, ao chegar ao local, teve dificuldade de acesso devido às chamas enormes e ao calor.

Três homens conseguiram sair da casa em segurança, mas os três menores e sete dos adultos ficaram presos pelo fogo.

As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas e a polícia está interrogando quem conseguiu sair da casa a tempo.

Créditos: R7.




Leia também:

Terra Brasil Notícias