Globo é condenada a indenizar assessor de Bia Kicis

Globo é condenada a indenizar assessor de Bia Kicis

Em 2021, emissora associou Evandro Araújo ao grupo racista Ku Klux Klan

A Globo foi condenada a indenizar o assessor da deputada federal Bia Kicis(PL-DF), Evandro Araújo, em R$ 40 mil, por associá-lo ao grupo racista norte-americano Ku Klux Klan. A decisão, em segunda instância, foi tomada na última quarta-feira 6 pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT).

“Houve abuso da liberdade de imprensa por parte da corporação”, afirmou a decisão da Justiça, que condenou a emissora por dano moral. 

“Embora a liberdade de expressão se trate de um direito fundamental de primeira dimensão”, afirma a resolução, “é evidente que aquele que o exerce, enquanto projeção da liberdade de manifestação do pensamento, pode ser responsabilizado civil e penalmente quando configurado o excesso ou o abuso do direito”.

O Jornal Nacional afirmou que Araújo estava associado ao ato dos “300 do Brasil”, acampamento liderado pela militante Sara Winter em junho de 2020, que lançou fogos de artifício contra o prédio do Supremo Tribunal Federal (STF). O protesto, na versão da emissora, teve inspirações no grupo Ku Klux Klan.

Por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes, Winter foi presa em junho de 2020.




Leia também:

Terra Brasil Notícias