Em solo colombiano, Brasil vence anfitriãs e conquista Copa América Feminina pela 8º vez

Em solo colombiano, Brasil vence anfitriãs e conquista Copa América Feminina pela 8º vez

Brasil venceu a Colômbia por 1 a 0 e conquistou o oitavo título da Copa América Feminina. Em solo colombiano, no Estádio Alfonso López, a equipe brasileira conseguiu o gol ainda no primeiro tempo em cobrança de pênalti de Debinha.

A Seleção Brasileira encerrou a Copa América com 100% de aproveitamento e sem sofrer gol durante toda a campanha. Ao todo, foram 14 gols marcados em seis partidas, com direito a três goleadas: 4 a 0 na Argentina, 4 a 0 sobre a Venezuela e 6 a 0 contra o Peru.

Logo aos dois minutos, a zaga da Colômbia se atrapalhou e ficou próxima de entregar “de bandeja” um gol para o Brasil, mas Debinha não aproveitou. Aos oito, a meio-campista Angelina sofreu uma contusão, deixou o campo e foi substituída por Duda.

Os primeiros 20 minutos da decisão foram marcados por jogadas mais ríspidas por parte das jogadoras colombianas, enquanto o Brasil demonstrava dificuldade para criar lances perigosos no ataque. A primeira boa descida organizada foi pelo lado direito com Antonia, que obrigou a goleira Pérez a fazer uma defesa difícil.

Aos 32, Adriana recebeu na entrada da grande área e finalizou com perigo, mas a bola saiu. Quatro minutos depois, Debinha foi derrubada dentro da área pela zagueira Carabalí e a árbitra marcou a penalidade, convertida pela camisa 9 brasileira, 1 a 0.

Após o intervalo, Antonia voltou a levar perigo para o gol colombiano com uma finalização de longa distância, que parou na goleira Pérez novamente. Aos oito, Bia Zaneratto cobrou uma falta com perigo da meia lua, mas passou ao lado da baliza.

Dois minutos depois, a goleira Pérez voltou a brilhar após defender uma finalização cara a cara com Debinha. A partir da metade do segundo tempo, o time colombiano começou a pressionar e gerar dificuldades para a defesa brasileira.

Contudo, a pressão não gerou resultados. E apesar da atuação ruim do selecionado brasileiro, a equipe de Pia Sundhage conseguiu segurar o ímpeto da Colômbia para se sagrar octacampeã da Copa América Feminina de forma invicta e sem sofrer gols.




Leia também:

Terra Brasil Notícias