Wassef diz que Bolsonaro não interferiu na PF e critica vazamento de áudios

Wassef diz que Bolsonaro não interferiu na PF e critica vazamento de áudios

Em ligação, ex-ministro Milton Ribeiro disse que Bolsonaro teve pressentimento sobre busca e apreensão da Polícia Federal

O advogado Frederick Wassef, que representa o presidente Jair Bolsonaro (PL), disse, na noite desta sexta-feira (24/6), que o chefe do Executivo não interferiu na Polícia Federal no caso do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro.

“Jamais, nunca interferiu na Polícia Federal. Nem nessa investigação e nem em qualquer outra. O que estamos dizendo nada mais é do que a repetição do mesmo modus operandi criminoso que fizeram na época do ex-ministro Sergio Moro, quando também o acusaram de interferir”, defendeu Wassef.

Wassef ainda criticou o vazamento dos autos do processo. “Houve a prática de graves crimes por funcionários, autoridades públicas aqui de Brasília que, criminosamente, estão vazando a conta gotas o referido material de um inquérito que tramita em segredo de Justiça”, disse.




Leia também:

Terra Brasil Notícias