Nicarágua proíbe a entrada de turistas com câmeras e binóculos de visão noturna 

Nicarágua proíbe a entrada de turistas com câmeras e binóculos de visão noturna 

A medida foi adotada após repórteres e documentaristas chegarem ao país para registrar a repressão da ditadura de Daniel Ortega

A Direção-Geral de Serviços Alfandegários da Nicarágua proibiu a entrada de turistas com equipamentos fotográficos e binóculos de visão notura no país.

A resolução, emitida em 16 de janeiro, prevê que os equipamentos sejam retidos por agentes de fronteira em articulação com a Polícia Nacional.

Segundo o jornal El País, a medida foi adotada após repórteres e documentaristas chegarem ao país para registrar a repressão da ditadura de Daniel Ortega (foto).

“Isso poderia ser chamado de ‘coreanização’ da Nicarágua, afirmou o ex-deputado exilado na Costa Rica, Eliseo Núñez, ao El País, referindo-se à censura do regime de Kim Jong-un.

“Vai além do que os regimes cubano e chinês fazem com os turistas e tem como objetivo fechar a Nicarágua a qualquer observador externo. A proibição de câmeras é algo que pode soar inútil diante dos celulares de última geração, mas o regime aposta que quem chegar com celular não estará constantemente em busca de informações. O mais dramático é como isolam o país, acrescentou.




Terra Brasil Notícias