Psol pede ao STF quebra de sigilos de Zambelli e Malafaia 

Psol pede ao STF quebra de sigilos de Zambelli e Malafaia 

Parlamentares entraram com pedido no Supremo após a divulgação de videos nos quais a deputada e o pastor supostamente incitam militares a se manifestarem

Após a divulgação de vídeos supostamente pedindo a generais se posicionem, parlamentares do Psol entraram com um pedido de quebra de sigilos telefônico e telemático contra a deputada Carla Zambelli (PL-SP) e o pastor Silas Malafaia. A petição ocorre no âmbito do inquérito que investiga as milícias digitais pró-Bolsonaro.

Dia 1º de janeiro, senhores generais quatro estrelas, vão querer prestar continência a um bandido ou à nação brasileira? Não é hora de responder com carta se dizendo apartidário. É hora de se posicionar. De que lado da história vocês vão ficar?”, incita a deputada em video dirigido aos militares.

Os parlamentares alegam que são nítidas as intenções de ruptura democrática e que extrapolam as  manifestações permitidas de crítica aos poderes constitucionais.

Trata-se de reiteradas ações antidemocráticas e criminosas, possivelmente articuladas e coordenadas nacionalmente, visando a instabilidade social e política no país e a abolição violenta do Estado Democrático de Direito e para um golpe de Estado, como se verifica dos fatos pregressos dos acusados e de figuras à eles ligados por atos e intenções”, diz trecho do documento.

Os deputados do PSol pedem, ainda, que as informações apresentadas sejam anexadas ao inquérito que apura a atuação das milícias digitais nos ataques à democracia.

O Antagonista



Leia também:

Terra Brasil Notícias