Lula se reúne com Jaques Wagner e tenta destravar PEC do Rombo

Lula se reúne com Jaques Wagner e tenta destravar PEC do Rombo

Senador foi escalado como articulador da PEC e afirmou que ‘falta um ministro da Fazenda’ para facilitar negociação; presidente eleito ainda não adiantou sua equipe ministerial

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reúnde, na tarde desta sexta-feira (25), com o senador Jaques Wagner (PT-BA), escalado pelo partido para destravar a articulação e buscar apoio para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Rombo. O encontro acontece em São Paulo, local em que o petista passou a semana para se recuperar de um procedimento cirúrgico na laringe.

A PEC é negociada desde a semana seguinte à vitória de Lula nas urnas, em 30 de outubro, mas ainda não tem consenso e garantia de aprovação no Congresso Nacional. Diante disso, a apresentação do texto final vem sendo postergada e deve ficar somente para a próxima semana, com a presença do presidente eleito em Brasília (DF).

Entre as medidas propostas, está a retirada da regra do teto de gastos públicos das despesas com o Bolsa Família – em substituição ao Auxílio Brasil – com parcela de R$ 600 e o valor extra de R$ 150 para famílias com crianças de até seis anos. A pauta foi promessa de campanha de Lula e do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB), que coordena a transição. O custo para os cofres públicos pode chegar a R$ 175 bilhões.

Na quinta-feira (24), Jaques Wagner afirmou que “falta um ministro da Fazenda” para destravar a articulação da PEC. “Eu acho que falta mais, por enquanto, um ministro da Fazenda. […] Mas eu estou dando uma opinião e quem vai decidir é o presidente Lula”, declarou. A pouco mais de um mês para a posse presidencial, marcada para 1º de janeiro, o petista ainda não adiantou sua equipe ministerial. 
Integrante do gabinete de transição, o senador Jean Paul Prates (PT-RN) afirmou que a negociação pela PEC está “evoluindo bem internamente”, apesar “de parecer que não” com a impressão externa “de que está com arrasto”. As conversas dos senadores, a gente está tentando compor esse texto e já conhecer outras PECs que apareceram, tentando organizar. Evidentemente é ao relator que vai caber o trabalho de pegar todo esse conjunto de PECs que estão aparecendo e organizar. Dessa semana para a próxima, a gente define esse processo todo”, informou.



Leia também:

Terra Brasil Notícias