Pedido de CPI sobre Institutos de Pesquisa será tratado com normalidade, afirma Pacheco 

Pedido de CPI sobre Institutos de Pesquisa será tratado com normalidade, afirma Pacheco 

Na terça-feira (04), o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) afirmou que o pedido de abertura de CPI dos Institutos de Pesquisas, articulado pelo senador Marcos do Val (Podemos-GO), será tratado dentro da normalidade e de acordo com o regimento da Casa.

“Será dado o tratamento devido a todo pedido de CPI, a avaliação dos requisitos e o encaminhamento dentro da normalidade do regimento”, afirmou Pacheco ao ser questionado sobre o assunto.

O parlamentar afirmou ainda não ter avaliado o mérito do pedido e ressaltou que o requerimento não foi formalizado com as assinaturas suficientes.

São necessárias, ao menos, 27 assinaturas em apoio a um pedido de CPI para que seja analisado oficialmente. Faltam apenas 5.

“Uma vez feito, vamos fazer obviamente uma avaliação”, acrescentou Pacheco.

Marcos do Val apresentou a CPI para “apurar, mediante exame técnico, os sistemas de realização de pesquisas eleitorais de intenção de voto pelas principais empresas e institutos do país, com a finalidade de aferir as causas das expressivas discrepâncias entre as referências prognósticas, principalmente de curtíssimo prazo, e os resultados apurados”.

O senador argumenta que há “expressiva discrepância entre a intenção de voto aferida e os resultados efetivamente apurados, notadamente as de curtíssimo prazo”.

Os institutos de pesquisa se tornaram alvo de questionamentos após o 1º turno das eleições por causa da grande diferença entre os resultados das urnas e as projeções. 




Leia também:

Terra Brasil Notícias