Jovem ucraniano desenvolve ‘drone’ capaz de detectar minas terrestres

Jovem ucraniano desenvolve ‘drone’ capaz de detectar minas terrestres

Igor Klymenko, 17 anos, criou o equipamento enquanto se abrigava em um porão no interior do país

O jovem ucraniano Igor Klymenko, 17 anos, usou suas habilidades de engenheiro para criar um protótipo de drone que detecta minas terrestres. Em linhas gerais, o equipamento identifica as minas que não foram explodidas e envia suas coordenadas remotamente para os usuários.

Em fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu a Ucrânia, Klymenko precisou fugir de sua cidade natal, Kiev, e migrar para o campo. Ele e sua família se abrigaram em um porão. “Morava com oito pessoas”, disse o jovem, em entrevista à revista Smithsonian. “Durante todo o tempo, ouvimos explosões, foguetes e aviões. Foi muito difícil se concentrar e não pensar na guerra.”

O dispositivo criado por Klymenko utiliza um detector de metais acoplado a um dronequadcopter F5 PRO. A duração de seu voo varia de 20 a 30 minutos, podendo percorrer uma distância de até oito quilômetros.

Em resumo, o aparelho funciona desta maneira: antes de alçar voo, o drone registra as coordenadas do local de lançamento. Quando encontra a mina, o dispositivo envia um sinal ao usuário. Nesse processo, mostra-se quanto tempo passou desde o início da viagem até o momento em que o sinal foi recebido.

Um software desenvolvido por Klymenko calcula as coordenadas da bomba a partir da velocidade do drone, da hora do lançamento e do momento em que o detector de metais localizou a mina.

A tecnologia de Klymenko deve poupar profissionais e animais farejadores que realizam o trabalho de identificar minas terrestres. No futuro, o objetivo do jovem ucraniano é adicionar em seu dispositivo um sistema de tinta spray capaz de demarcar o local da mina. Ele também pretende criar um sistema com inteligência artificial, para avaliar todos os tipos de explosivos.




Leia também:

Terra Brasil Notícias