Josias Teófilo desautoriza Brasil Paralelo a usar conteúdos produzidos por ele

Josias Teófilo desautoriza Brasil Paralelo a usar conteúdos produzidos por ele

O cineasta Josias Teófilo informou nesta quarta-feira, 28, que está desautorizando a Brasil Paralelo a usar o material audiovisual que ele produz. Segundo Teófilo, a razão é a participação de Henrique Viana, um dos sócios da produtora, em um jantar oferecido ao ex-presidente Lula, em São Paulo.

Segundo o cineasta, a ida de Viana é “um sinal de apoio e aproximação a essa altura da eleição”. “Peço que retirem do ar, imediatamente, os vídeos com fotos, trechos dos meus filmes, inclusive sem autorização prévia, e do depoimento que dei a eles”, comunicou Josias Teófilo, sobre a Brasil Paralelo.

No início da tarde de hoje, a Brasil Paralelo se manifestou sobre a ida de Viana ao evento. “Sempre que é convidada, a Brasil Paralelo participa de eventos que contam com autoridades dos Três Poderes e candidatos a cargos públicos”, comunicou a empresa, em nota. “Consideramos uma boa oportunidade para ter acesso a informações que não aparecem na mídia, e que podem ser relevantes para estratégia e conteúdo da empresa. A participação não representa, de forma alguma, apoio ou assunção de compromissos com as figuras presentes. É 100% falsa a informação de que houve qualquer tipo de aproximação com Lula.”




Leia também:

Terra Brasil Notícias