Carlos Eduardo é desmascarado por trabalhadores que ele prejudicou, VEJA VÍDEO

Carlos Eduardo é desmascarado por trabalhadores que ele prejudicou,  VEJA VÍDEO

A falta de limites do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, atingiu um novo patamar. Após humilhar centenas de servidores efetivos da Urbana com demissão sumária quando era prefeito, ele agora tenta lhes tirar a dignidade, mentindo que a demissão se deu em face de os servidores serem fantasmas.

As declarações causaram revolta entre os pais e mães de famílias que trabalhavam regularmente na Urbana e, sem nenhuma explicação, chegaram para dar seus expedientes e se depararam com os atos de demissão no primeiro mês da gestão do segundo mandato de Carlos Eduardo, em janeiro de 2017.

A jornalista Liege Barbalho foi uma das centenas de servidores afetados pela decisão unilateral de Carlos Eduardo. Ela ficou tão revoltada com as mentiras de Carlos Eduardo que interrompeu repouso hospitalar para gravar um vídeo para repor a verdade.

“Todos nós trabalhávamos. Tanto que chegamos no dia 02 de janeiro para trabalhar e nossos nomes estavam em lista de demissão, por determinação do senhor Carlos Eduardo Alves, em ato arrogante e prepotente. Quem não trabalhava era ele”, revolta-se Liege.

Os servidores lutam na Justiça até hoje para reverter a decisão. Vários deles tiveram complicações na saúde. A depressão chegou a matar alguns deles que se viram sem nada da noite para o dia.

“Muitos passam por dificuldade ainda por causa do ato desumano que o senhor Carlos Eduardo Alves fez. Espero que a justiça divina se cumpra na vida desse senhor, que é um perseguidor do trabalhador”, disparou Liege.




Leia também:

Terra Brasil Notícias