Moraes toma posse como presidente do TSE em evento com Lula e Bolsonaro

Moraes toma posse como presidente do TSE em evento com Lula e Bolsonaro

O ministro terá como principal atribuição conduzir as eleições deste ano; presidenciáveis estiveram durante o evento 

Em evento com os principais candidatos à Presidência da República e autoridades dos três poderes, o ministro Alexandre de Moraes tomou posse como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O magistrado ingressa na cadeira mais importante da Justiça Eleitoral para um mandato de dois anos e, a partir de agora, será o responsável por conduzir a Corte na campanha política deste ano.

Moraes terá como principal atribuição conduzir as eleições que se realizam em outubro deste ano. O pleito de 2022 é considerado um dos mais complicado da história, devido à forte polarização e ameaças contra a segurança de candidatos, eleitores e riscos de ataques cibernéticos antes e durante a votação.

Moraes substitui o ministro Edson Fachin, que foi responsável por atuar na elaboração de resoluções e regras eleitorais até o momento. Relator de inquéritos que investigam milícias digitais e fake news, inclusive com interesses eleitorais.

Moraes convidou todos os ex-presidentes da República para a posse, além do atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro. Participaram os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, José Sarney e Michel Temer. 21 governadores também estiveram na cerimônia. 
A cerimônia ocorre na sede do TSE, em Brasília, e tem segurança reforçada. O acesso foi controlado em virtude da quantidade de autoridades presentes no evento e de riscos de segurança devido à proximidade das eleições.

Assista à posse




Leia também:

Terra Brasil Notícias