Daniel Silveira recebe medalha da Biblioteca Nacional

Daniel Silveira recebe medalha da Biblioteca Nacional

Tradicionalmente, a honraria Ordem do Mérito do Livro é concedida a personalidades que contribuem com a literatura

O deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) recebeu, nesta sexta-feira, 1°, a medalha Ordem do Mérito do Livro, concedida pela Biblioteca Nacional (BN). A informação foi divulgada pela jornalista Mônica Bergamo, colunista do jornal Folha de S.Paulo, na quinta-feira 30.

Tradicionalmente, a honraria é concedida para intelectuais, acadêmicos e escritores que contribuíram com a literatura, como o poeta Carlos Drummond de Andrade e Gilberto Freyre, sociólogo e escritor. Em 2022, a medalha vai ser entregue também para outras 200 personalidades, devido ao Bicentenário da Independência. Os nomes dos outros homenageados não foram divulgados pela BN.

“É uma honraria muito grande”, disse Silveira.” Para mim, é muito honroso ter o reconhecimento de lá.” A entrega da medalha a Silveira fez com que o escritor, poeta e tradutor Marco Lucchesi e Antonio Carlos Secchin, professor emérito da UFRJ, que também receberiam a honraria, recusassem a homenagem.

No Twitter, Lucchesi criticou a entrega da honraria a Silveira e disse não ter condições de recebê-la. “Se eu aceitasse a medalha, seria referendar Bolsonaro, que disse preferir um clube ou estande de tiro a uma biblioteca”, afirmou o intelectual, que é imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Em entrevista ao Blog do Ancelmo, Secchin (também imortal da ABL) afirmou que a cerimônia “vai se constituir na celebração de uma única diretriz política, agraciando pessoas sem relação com livros, biblioteca e cultura”.




Leia também:

Terra Brasil Notícias