Polícia prende três suspeitos de participar em assaltos a joalherias em shopping de Campinas

Polícia prende três suspeitos de participar em assaltos a joalherias em shopping de Campinas

As Polícias Civil e Militar prenderam neste domingo, 26, três suspeitos de participar do assalto a duas joalherias no Shopping Dom Pedro II, em Campinas, na tarde de sábado, 25. Um quarto suspeito de estar envolvido no crime foi localizado, trocou tiros com os policiais e foi morto. Ainda é investigado quantas pessoas participaram da ação. Dentre os presos, um casal foi detido em Atibaia e o outro homem, em Paulínia. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), os assaltantes chegaram ao centro comercial em, ao menos, três carros – um Jeep Renegade, um HB20s e um Ônix. Eles entraram no shopping e roubaram duas joalherias. Houve troca de tiros com os vigilantes próximo à praça de alimentação e no estacionamento, mas eles conseguiram fugir. Dois seguranças ficaram feridos.

De acordo com a SSP, na fuga, os criminosos fizeram uma mulher que estava no estacionamento do shopping como refém e a obrigaram a dirigir até Paulínia, onde desembarcaram em um bar no Jardim Amélia. Guardas municipais foram averiguar e encontraram um suspeito – o homem de 39 anos -, que apresentava sinais de nervosismo. Ele estava com a chave de um HB20s no bolso e, por não saber explicar de qual veículo era, foi levado ao plantão do 1º Distrito Policial de Campinas. Lá, os policiais verificaram que a chave abria um dos carros abandonados pelos criminosos. Ele foi autuado em flagrante por roubo e associação criminosa.

Em Atibaia, guardas municipais foram acionados para verificar ocorrência de um homem baleado, que foi socorrido à Santa Casa municipal por um casal em Jeep Renegade. Já no hospital, souberam que o homem de 42 anos havia passado por cirurgia, mas morreu. As pessoas que o acompanhavam, um homem de 29 anos e uma mulher de 25, deram versões conflitantes sobre como o homem havia sido baleado. Em vistoria no carro que estavam, em um compartimento debaixo do banco do passageiro dianteiro, os guardas municipais encontraram uma pistola suja de sangue. Foram levados à delegacia, onde os policiais afirmaram terem averiguado a participação tanto do homem morto quanto do casal no crime em Campinas. Dois revólveres calibre 38 foram encontrados em um terreno baldio próximo ao shopping, e a Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil ainda apura se foram usados por dois suspeitos que teriam sido vistos na região e não foram localizados.

Créditos: Jovem Pan.




Leia também:

Terra Brasil Notícias