Correios confunde brinquedo para cachorro com vibrador e vídeo viraliza; VEJA

Correios confunde brinquedo para cachorro com vibrador e vídeo viraliza; VEJA

Um caso inusitado aconteceu em São Paulo e viralizou nas redes sociais. A representante comercial Adriana Sirotenco contou, em um vídeo no TikTok, que funcionários de uma agência dos Correios confundiram com um vibrador uma encomenda que pulava dentro da caixa. Engraçadinha, a peça era, na verdade, um brinquedo para o cachorro da mulher, chamado Simba.

“Quando eu cheguei lá, a caixa estava assim”, conta, no vídeo, mostrando a caixa ainda fechada, pulando sozinha. “Eu, com vergonha, porque eles estavam pensando que era alguma coisa de sex shop, arreganhei o saco na hora para mostrar.”

Em entrevista ao site Universa, Adriana contou que gravou o vídeo assim que entrou no carro, ao sair da agência dos Correios, para mandar em um grupo de amigas no WhatsApp. Mas a filha de uma delas sugeriu que ela editasse e publicasse no TikTok.

“Eu ri na hora, da situação, mas nem vi tanta graça assim no vídeo. Deixei ela editar, publicar. Quando passou o tempo, vi lá: ’10K’. Eu nem sabia o que era isso. Quando perguntei, elas me explicaram que eu estava com 10 mil visualizações.” Hoje, o vídeo acumula mais de 4 milhões de views só no TikTok —mas também circula no Twitter e no Instagram. “Não acredito que o povo gostou tanto disso”, comenta Adriana.

O brinquedo de Simba (uma pelúcia azul que vibra) foi comprado na Shopee. Quando a encomenda chegou a São Paulo, os Correios fizeram algumas tentativas de entrega na casa de Adriana, mas ela não estava, então recebeu uma ligação informando que teria que buscar na agência para que a peça não fosse devolvida ao remetente.

“A funcionária disse que, quando eu fosse à agência buscar a caixa, não precisava pegar fila, poderia procurá-la direto. Achei estranho, mas beleza.” No local, depois de se identificar, ela foi orientada a seguir até o último guichê, o mais distante de onde as outras pessoas aguardavam atendimento, e percebeu que todos os funcionários olhavam para ela.

“Quando a atendente chegou com a encomenda, a caixa não parava de pular no balcão. E o outro funcionário atrás dela com um olhar meio sem vergonha, querendo rir. Na hora, comecei a rasgar a embalagem para tentar desligar —e também para eles verem que não era um sex toy.”

Ao abrir a caixa, Adriana percebeu que o brinquedo veio sem o lacre de segurança. “Provavelmente veio da China para o Brasil pulando o caminho inteiro”, brinca. Depois que o primeiro vídeo viralizou, ela publicou um novo vídeo mostrando a reação de Simba ao receber o brinquedo. Assista os dois a seguir:

Créditos: Metrópoles.




Leia também:

Terra Brasil Notícias