Operação do Ministério da Justiça fiscaliza preços nos postos de combustível

Operação do Ministério da Justiça fiscaliza preços nos postos de combustível

Uma operação de fiscalização a postos de combustível no Distrito Federal terminou nesta sexta-feira(12) com a interdição de 28 bombas e 38 bicos de abastecimento, no período de três dias, informou o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Coordenada pela pasta, a operação Petróleo Real ocorre com a participação de mais nove instituições. As inspeções abordaram itens que iam desde a qualidade do combustível até o cometimento de possíveis crimes contra a ordem econômica, como por exemplo a formação de cartel.

Ao todo, foram fiscalizados 93 postos e 597 bombas de abastecimento, resultando em 136 autuações. As principais ocorrências foram a falta de transparência e publicidade dos preços e a chamada “bomba baixa”, quando o combustível é entregue ao tanque do consumidor em menor quantidade do que o mostrado no visor da bomba.

Também foram apreendidos lacres fraudados, com furos que permitiam a reutilização irregular. No caso dos bicos interditados, o maior problema foi o vazamento de combustível mesmo com a bomba fechada.

De acordo com o MJSP, após essa primeira fase no DF, a operação deverá ser expandida para outras unidades da Federação em “data posterior”, disse a pasta em nota, sem dar mais detalhes.

Créditos: Agência Brasil.




Leia também:

Terra Brasil Notícias