Programa ao vivo da Globo foi interrompido por assalto a ônibus: “Não é fácil”

Programa ao vivo da Globo foi interrompido por assalto a ônibus: “Não é fácil”

Uma entrada ao vivo do repórter Bruno Grubertt no Bom dia Rio desta terça-feira (7/6) precisou ser interrompida por conta de um assalto a ônibus. O jornalista ainda precisou consolar uma das vítimas enquanto tentava guiar a situação.

A equipe da Globo estava no estacionamento do Instituto Médico Legal (IML), conversando com Flávio Fachel e Silvana Ramiro, que estavam no estúdio, quando notou a movimentação.

“Gente, só um minuto. Eu vou precisar parar porque está havendo uma confusão em frente onde a gente está. Há pessoas ali brigando. Só por questão de segurança. Para saber se vamos precisar nos deslocar ou não”, disse Bruno.

O jornal, então, mostrou a ação dos policiais para deter os criminosos — um deles foi algemado pela polícia durante a reportagem. O jornalista ainda conversou com uma passageira do ônibus, que explicou o que aconteceu.

“Amiga, você estava dentro do ônibus? O que eles diziam para vocês?”, perguntou. “Eles só falavam: ‘Me dá o telefone, dinheiro’. Alguns tentaram esconder, outros não entenderam muito bem”, explicou ela, que caiu no choro logo em seguida, sendo consolada pelo repórter.

“Força para você tentar se recuperar desse susto, que não é fácil começar o dia assim”, consolou Grubbert.

Créditos: Metrópoles.




Leia também:

Terra Brasil Notícias